Távola De Estrelas: Junho 2009

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Oxigénio

Postado: Luíz Sommerville Junior On domingo, junho 07, 2009 0 Carinhos de Luxo

Meu amor
no poço
fundo
profundo
sem fundo
que tu és
há o óxigénio
no fundo
do sem fundo
profundo
em que respiro
e se olhares
para o ver...
Ver
com olhar profundo
ver sem fundo
ver no fundo
o ar
meu amor,
ver e respirar
nesse teu
oxigénio
onde imerso
quero sufocar


JouElam , Cadernos , 1974