Távola De Estrelas: Indivisíveis

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Indivisíveis

Postado: Daniele Dallavecchia On sexta-feira, março 04, 2011 1 Carinhos de Luxo



Ó, pétalas de versos 
que me enfeitam os passos, 
duma estrada ladrilhada
com nossa história de amor,
onde nas reticências da tua ausência,
uni cada ponto até alcançar teu abraço...

Todas as lágrimas que derramei,
lavaram-me dos pecados do mundo,
conversão!
E nada mais há que nos abale,
posto que de diamantes cravejei,
em nossa aliança a palavra união.

Tua boca é o palco,
onde embalo na ponta dos pés,
um Beethoven inspirado...
e neste tablado em viés
entrego-me ao sabor apaixonado...

Ó Romeu de uma Julieta
que morre aos poucos
sonhando com os beijos
do ser mais que venerado...
Vê nosso jardim suspenso
como anda multicolorido?
São cometas e planetas
cortejando nosso céu florido...

E quanto mais vejo teu rosto,
mais dispara meu coração,
e não há no universo todo coisa alguma
que mais me cause gosto
comparado ao compasso,
de viver esta paixão...

1 Response for the "Indivisíveis"

  1. belos versos que vc deixa sentir na suas letras elas com muita emocao e sentimento lindo ... puro amor na suas letras belas de verdade..

    abracos
    otima semana
    saludos

    obrigado pela sua visita e por ficar no meu blog obrigado de coracao..le sigo

Postar um comentário

Beijinhos