Távola De Estrelas: Sempre Você

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Sempre Você

Postado: Daniele Dallavecchia On domingo, abril 03, 2011 10 Carinhos de Luxo



E meus olhos choram 
não mais de saudade,
mas com a emoção
desta visão triunfal 
da tua presença...
Ó, amado, 
para toda vida,
não há um único dia,
ou uma noite sequer,
em que meus passos
não queiram seguir os teus,
e talvez já não exista um eu
que possa distinguir-se 
do que és,
porque meus sonhos começam 
com o despertar dos teus olhos,
e adormecem 
com o cansaço do teu corpo,
e nada mais sou, 
nada mais quero ser,
se onde eu for
não houver você.

10 Response for the "Sempre Você"

  1. Verinha says:

    Isso que é realmente o que o amor nos faz sentir!.. Lindo poema Daniele!!

    Beijocas em seu coração..
    Verinha

  2. belas letras vc tem uma maneira linda de dizer en letras o sentir que de seu coracao nace, aquele que deseja brotar en estas lineas que de forma clara se sente... parabems

    saludos
    otima semana
    abracos amiga

  3. Estas certamente não serão palavras deitadas ao vento. São palavras de lindo amor. Adorei. Beijos com carinho

  4. Boa noite, minha amada!
    Dani, falar o quê? Calar, sim, emudecer,pra te guardar !... Na valsa das estrelas - já não sei se são as palavras em bailado , ou se sou eu ... ao vento - apaixonado!
    Ai sei , sei ! Te quero!

    Beijo!

  5. me lembrou Florbela: "Não és sequer razão de meu viver / Pois que tu és já toda a minha vida!"

  6. Rô... says:

    olá...

    fui entrando porque ouvi falar de amor...

    que lindo,adorei
    já me acomodei sem pedir licença...

    beijinhos

  7. Van says:

    Que lindo este poema!

    Obrigada Danielle, pela presença e carinho de sempre.

    Beijos!

  8. Olá Daniele! Muito lindo o romantismo aqui, isso mesmo, viva o amor, eu o vivo a cada dia com intensidades elevadas. Apareça, vc está sumida. Abraço terno da amiga Lu.

  9. Dani , querida ! Venho retribuir-te a flor(acredita que ao ler este teu poema EU VI a mais bela flor!
    Te amo!

  10. Jacque says:

    Ah, o amor! "é querer estar preso por vontade".... Quando é vida, quando é o ar que nos basta......Que mais dizer?!?!?!?

    Belíssimo!!!!!

    Beijinhoss

Postar um comentário

Beijinhos