Távola De Estrelas: Solo d'amore

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Solo d'amore

Postado: Daniele Dallavecchia On domingo, maio 29, 2011 2 Carinhos de Luxo



Se eu pudesse reunir,
num só poema,
todos os poros
que lavram
o caminho-carinho
da tua pele a vibrar
nas mais belas palavras
d´amor,
e com elas
uma canção compor,
agraciar-te com o violino
executado pelas mãos
que no teu ombro
são melodia a me aconchegar,
para te ninar nos acordes
desta minha emoção...
e, não haveria
neste mundo inteiro,
confusão
que te tirasse o sossego 
ou sono,
porque a música
do meu coração
te revelaria
a luz branca
de paz
que é o que sinto
por você,
que é o que eu vivo
com você...
ó bendita oferenda
do mais nobre altar
que apenas tu
 - e mais ninguém ! -
és da trova 
a voz do luar ,
da serenata
que a minha varanda
trajada de gala - aplaude !

Sim , 

- bom dia , meu amor ! - 
eu posso unir
numa só poesia
todas as estrelas
e com elas caligrafar
o arco-íris
no céu do teu olhar
por...
você!





Sommerville&Dallavecchia

2 Response for the "Solo d'amore"

  1. Olá lourinha linda! Olha,olha, o nosso dueto , solo ! Sabe ... amada...parabéns pelo teu mérito,como já te confidenciei... eu limito-me(e tantas vezes sem jeito) a seguir as tuas palavras... ou uma só palavra:Daniele!
    Amo-te!
    beijo!

  2. Oi, meu menino lindo! Você é sempre tão modesto...Sabe, se não fosse por você, como esse dueto nasceria? Te amo muito, meu abençoado!

Postar um comentário

Beijinhos