Távola De Estrelas: O Erguer Do Voo

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

O Erguer Do Voo

Postado: Luiz Sommerville Junior On quarta-feira, junho 08, 2011 3 Carinhos de Luxo

Quem prende as minhas asas ?


Se eu cair,
alcançarei a asa imponderável do desejo ?
ó tentação imensa ! ... 
és o primeiro lance da translação da terra?
és a rotação do verbo desenhar?
és o alinhamento do pulsar deste segundo?

Algo começa
faltam algumas luas para a chegada do Inverno

entretanto...

A flor repousa a elegância das suas pétalas
no madrigal, júbilo, bem-me-quer
do caule


À minha Dani

3 Response for the "O Erguer Do Voo"

  1. Lindo amiga, forte, sincero, verdadeiro, direto...
    “és o alinhamento do pulsar desde segundo" lindo!
    que maravilha,dany, é um efervescer de emoções,
    são sensações que não domina-se, muitas vezes
    e pode despertar calmo, agitado ou feroz,
    não sabemos como beberemos o ar,
    e com que olhos olharemos os jardins interiores!
    e com que riso nos denunciaremos.

    Beijo grande querida.

  2. Meu amorzinho, este poema é DIVINO! Sabe, amor, quando você vai me ensinar a poetar assim? Obrigada por me deixar fazer parte da tua vida e da tua poesia. Te amo, meu poeta!

  3. Amiga Nina, Tuas palavras sempre trazem um encanto especial. Bom saber que apreciaste a bela poesia do poeta Sommerville, ele é um mestre na arte de fazer poesias. Mas tô na cola do mestre...rsrs... Beijos e obrigada pelo teu carinho sempre!

Postar um comentário

Beijinhos