Távola De Estrelas: Livro Poderoso

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Livro Poderoso

Postado: Luiz Sommerville Junior On domingo, setembro 11, 2011 2 Carinhos de Luxo




És tu , meu doce amor ,
nas roupas que apenas em ti 
são trajes d´estrelas 
que fazem a luz nascer
no meu olhar encantado
por te ver
nasci feliz , por saber que algures ,
num ponto do universo
vivia o ser 
que um dia seria a assinatura
com a qual eu aprenderia
a nova etapa da caligrafia
unindo nomes de quereres recíprocos
escrevendo livros em gesto irmão
livros que de tão diferentes
na igualdade da carne ,
ou páginas que nos recebem ,
tão iguais de semelhantes ,
ou folhas que se completam ,
na forma-alma do título
ao qual se entregam 

Mas ... 
na minha eterna e incansável busca
- ó , quantas vezes em estradas desatinadas ! -
pelo ser que eu conhecia , desde o dia
em que eu nasci , tardava a hora de achar
a fotografia que eu noutra vida (per)segui ! 
porque nestes dois tempos de nós ,
o primeiro :
 - berço materno até ao momento
em que as asas beijaram o chão ;
o segundo :
que no abraço chegou , colo terno ,
música da tua respiração
no porto onde atracaste
o ar que atravessaste doou-me as mãos
tuas !

Foi longa e penosa , minha amada ,
a jornada ...
o traçado da tua luz
que tando tardava na chegada
e o medo de perder o norte
que desde sempre me orientava
enveredou os meus pés
em tantos caminhos 
que a minha intuição não desejava
porém , hoje , ó carícia abencoada !
que me és do mundo
o encontro com a verdadeira estrada
aquela sobre a qual
o meu ideal , guia , roteiro !
jamais perdeu de vista 
uno as minhas mãos
em solene expressão
e abro o livro que colocaste
à nossa cabeceira ...

Leio-te , senhora minha ,
enquanto adormeço aconchegado
pela tua renda gravada nas minhas veias
e num aceno d´adoração , (pr)enuncio -te:
trinta e três vírgula três !
"entoando-Lhe novo cântico
tangendo com arte e com júbilo"...
porque Ele no primeiro dia
segredou-me :
- os meus profetas guiar-te-ão
até ao templo sagrado que se ergueu
para nele te entregares ao altar
em louvor , 
e nele consagrares o amor.
Cuida dela, a palavra,
preserva dela o rosto
da metáfora ou parábola
que te interroga :
quantas vezes olhastes hoje
para a voz que , dando-te o mundo todo ,
impregnou os vossos aposentos
com mil e uma imagens de carinho ?
encontrar-Me-ás nas tuas respostas ...

Abro a caixinha da minha tranquilidade ,
abraço-te , ó meio em que Elise estremece !
ó tesouro da minha salvação ! 
dormindo ... 
em ressurreição ...



Com todo o meu amor , à minha mulher Dani.


Luiz Sommerville Júnior , 090920111729 - O Triunfo Do Amor


Livro poderoso= nossa bíblia sagrada 

2 Response for the "Livro Poderoso"

  1. Olhos em lágrimas de pura comoção escorrem pelo meu sorriso de felicidade... Meu amado, tua estrela brilhou, este poema é uma obra d'arte, belo demais, intenso, profundo e divino. Meus parabéns, esposo amado. Que Deus ilumine sempre o teu caminho de flores, estrelas e poesia.

    beijo de amor

    Sempre tua, sempre nossos

    Sempre*DS*SD*erpmeS

  2. Caro amigo

    O bonito de uma palavra
    é quando ela deixa de ser símbolo,
    para ser sentimento.

    Viver é sentir o
    mundo com o coração.

Postar um comentário

Beijinhos