Távola De Estrelas: O Que Sou?

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

O Que Sou?

Postado: Luíz Sommerville Junior On sexta-feira, abril 08, 2011 0 Carinhos de Luxo



Tenho versos tristes, sem motivo aparente,
embora a vida me conceda belas cores,
não entendo de onde me nascem dores
sem fim... Nada me justifica nem me prende

Além daquilo que me dá vida, surpreende!
Meu vinho não é suave, ausente de sabores
comuns. Nunca me quedei a grandes amores,
sou ostra de mim, aprecio o que é diferente...

Não quero com isso dizer que não sei amar,
mas o oposto do que me sabem, é o que sou,
meu coração somente a um quis se abrir...

Há uma força que embala tudo, como o mar,
em ondas de mim, que vem e vão, assim me dou,
personagem dum livro não lido, querendo existir...



Daniele Dallavecchia

0 Response for the "O Que Sou?"

Postar um comentário

Beijinhos