Távola De Estrelas: A Metafísica Do Amor

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

A Metafísica Do Amor

Postado: Luíz Sommerville Junior On sábado, agosto 18, 2012 2 Carinhos de Luxo


Amo-te hoje
tanto quanto te amei ontem
amar-te-ei amanhã
tanto quanto te amo hoje
supor que algum dia te amei menos
seria reconhecer que nunca te amei
assim como supor que é possível amar mais
equivaleria a admitir que não se ama o suficiente
então ...
amo-te sem comparação com tempo algum
neste amor em que todo ele é
incomparável

À Dani , com amor


Luiz Sommerville Junior (JouElam) , 180820121505

2 Response for the "A Metafísica Do Amor"

  1. Emoção? Contemplação? Felicidade? Não. Esses são sentimentos comuns no nosso dia-a-dia, porque você se revelou muito maior e melhor do que eu podia imaginar. Amor? Sim, é sempre esse tum-tum-tum dum coração que dispara, que bombeia, que nutre o meu corpo que vive cada molécula desse lindo e maravilhoso amor que você me dá. Obrigada, meu querido, mon bébé, mon Jojó por ser esse anjo maravilhoso que cuida de mim e me dá todo o carinho, proteção e amor que eu sempre quis e sonhei. Te amo muito, incomparavelmente demais!

    beijo da tua Dan


    Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=228944#ixzz24BbipTQt
    Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

  2. A infinda conjugação do infindo verbo

    Muito interessante o exercício silogistico que subjaz ao verso
    Muito bela e emoção que o ergue

    Abraço e Bjo.

Postar um comentário

Beijinhos