Távola De Estrelas: "Perdidamente" - A Flor(Mais)Bela

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

"Perdidamente" - A Flor(Mais)Bela

Postado: Luíz Sommerville Junior On terça-feira, dezembro 25, 2012 5 Carinhos de Luxo

Há no teu jardim
poemas
que eu quero escrever
nos versos ...
há flores
que eu teimo em cuidar
terra-essência , estrofes !
de métrica
que eu respeito
quadras e terceto
do soneto
que eu amo
ao jeito de Florbela :
- "Perdidamente" ...


Teu

Com Amor


Jorge (Luíz Sommerville Junior) , Dia De Natal de 2012 , 251220121850

Categories:

5 Response for the ""Perdidamente" - A Flor(Mais)Bela"

  1. Meu amor, há momento mais belo que o entrelaçar dos nossos corpos desde o anoitecer até o amanhecer? É quando , juntos, voamos até o nosso jardim de estrelas; eterno, tenro e repleto dos nossos cheiros, beijos e segredos.
    Te amo sempre e para sempre, meu Jo.
    Beijo da tua Dan

  2. JouElam says:

    Oi amor ! Quando escrevi este rabisco , nem sequer sonhava que vai ser exibida uma série de TV que tem título quase igual ao do gatafunho que aqui postei(na verdade apenas soube da dita série telivisiva acerca de 5 minutos atrás!!!)Não há dúvida : já tudo foi inventado ; está tudo escrito e feito , "nada mais há de novo debaixo do sol". Tenho que apagar esta entrada ! Obrigado amor, pelo teu - precioso - carinho .

    Amo-te , sempre , minha Dani

    Beijo

  3. JouElam says:

    TELEVISIVA em vez de telivisiva .

    Sorry , my baby !

    Adoro-te

  4. Beijinhos.

    Um 2013 com tudo de bom.

  5. stefanny says:

    Muito lindo... parabéns! Adorei o poema... Beijos em seu coração

Postar um comentário

Beijinhos