Távola De Estrelas: O Poeta que me procurava

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

O Poeta que me procurava

Postado: Daniele Dallavecchia On quinta-feira, janeiro 03, 2013 3 Carinhos de Luxo


São versos bucólicos
os olhos meus que te vêem
assim tão belo,ó meu fulgor!
suspirando poesia,
anoitecendo a nostalgia
fascinando de amor
o nascer do meu dia....
São sim, os versos teus
meu poeta, meu senhor
que me fazem voltar ao tempo
viver cada momento
da nossa história,
de todo o nosso sentimento.
Tanto, tanto
que eu li as tuas linhas
ora vivas e cheias de esplendor,
ora tristes, morrendo de amor...
E eu não sabia
que era por mim
que a tua lágrima tombava
Não, eu não sabia
porque andava tonta e perdida
nebulosa de dúvidas,
masmorra trancada de mim
sem saber que o amor que eu tinha
também me tinha
triste e só do outro lado da linha.


(A tua chave não sabia que eu era a fechadura
perdida e só, esperança muda e crua na poeira
enferrujada do coração...mas um dia...
a chave abriu o tão sonhado amor: nosso amor!)


Daniele Dallavecchia, 02012013

Ao meu Poeta
marido duma vida inteira e para sempre.

3 Response for the "O Poeta que me procurava"

  1. JouElam says:

    A verdade diz
    que o poeta te sonhava
    ora feliz , porque acreditava
    ora infeliz , porque o dia tardava
    o que era preciso e urgente
    era mudar o tempo
    e porque sonhar é dar ao real
    o que é de mais verdadeiro
    acreditamos e ...
    juntos
    - ó amor -
    somos e estamos

    Belíssimo , minha poetisa ELEITA - BRAVO !

    Obrigado , minha lourinha-ternura-sem-igual !

    Beijo

    Adoro-te

  2. Simplesmente SOMOS, hoje e para sempre, EU e VOCÊ!
    te,meu amor, meu lindo!

  3. JouElam says:

    Amada lourinha :

    Achei no nosso arquivo o seguinte texto , nunca publicado :

    O ROSTO DE DEUS III
    -------------------


    Imagina ...
    um astro
    a sinfonia silenciosa do seu movimento
    suspenso no universo imenso
    a sua sumptuosa e inalcançável grandiosidade
    provocando brechas benditas na escuridão
    abrindo mundos luminosos
    onde outrora os olhos não circulavam
    tal e qual uma cachoeira de luz eregida no cosmos
    e ...
    quando ele se encontra com os livros
    nesse poema em que a minha carne se fez tua
    nasce o rosto de Deus
    então , repentinamente ,
    um novo sol surge do turbilhão estelar
    trémulo , cintilante ,
    realinhand(me) ...
    a órbita e a sua dimensão ,
    virando(me) ...
    para o lado que é a tua direcção ...




    à minha Dani , com amor sagrado .


    Amo-te , minha linda nenen.


    Sou teu


    Luiz Sommerville Junior , 081020110801


    Penso que cabe aqui como uma luva feita à medida da tua mão .

    Beijo , minha linda mulher !



Postar um comentário

Beijinhos