Távola De Estrelas: Dos Que Se Vão

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Dos Que Se Vão

Postado: Luiz Sommerville Junior On segunda-feira, fevereiro 18, 2013 0 Carinhos de Luxo



"Que um fraco rei faz fraca a forte gente."
(Luíz Vaz de Camões,in Os Lusíadas)

Dos Que Se Vão 

Pegou na mochila
Carregada de estrelas adoecidas
De planetas descalços
De terras enfurecidas p´la influenza
De mares e marés sem abrigo
De céus em bocas famintas
D´ ares prenhes em sufoco
E ...
E ... partiu...

Não sabe quando
Nem se voltará
Não sabe se algum dia
A mochila repousará

Apenas tem a certeza
Que a lua solitária
Se deita com ele
Circunscrevendo as suas margens
Desprezando
O nascer do sol
Justamente , dentro da cavidade
Onde o gelo repousa ...


Luíz Sommerville Junior



"No contexto sociopolítico actual, porém, ainda antes do direito a emigrar 
há que reafirmar o direito a não emigrar, isto é, a ter condições para permanecer 
na própria terra, podendo repetir, com o Beato João Paulo II, 
que «o direito primeiro do homem é viver na própria pátria."


Bento XVI, Mensagem para o dia mundial do Migrante e Refugiado (2013).

Categories: , , , ,

0 Response for the "Dos Que Se Vão"

Postar um comentário

Beijinhos