Távola De Estrelas: Da Pureza

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Da Pureza

Postado: Daniele Dallavecchia On segunda-feira, setembro 16, 2013 1 Carinhos de Luxo



És duma pureza tão linear
Que as curvas do meu sorriso
não conseguem acompanhar
a beleza do menino
misturadas ao homem que sofre...
Tudo é um mistério!
Teu rosto e teu olhar,
teu sorriso e tua inocência.
E tudo é tão claro!
minha paixão, meu mar
meu destino, pátria e clemência
E eu, tão tua,
me dou como tua boneca de brincar
sabendo que sempre serás a criança
que ainda acredita...
e é por essas e outras
que aos meus olhos,meu amor,
ainda te chamo: meu Romeo!





Daniele Dallavecchia 14092013

Categories:

1 Response for the "Da Pureza"

  1. Amada, minha princesa, my Juliet:

    As tuas poesias revelam com uma transparência ímpar, a beleza da tua alma,e, eu emocionado e honrado por ti,fico sem fala, perante a eloquência dos teus versos sublimes, quisera eu, ser capaz de escrever uma poesia, dedicando-a a ti, como tu escreves. Lindo, muito lindo este poema que me dedicas.
    Resta-me deixar aqui a minha reverência à tua obra e uma vénia de gratidão por ser, neste caso, como em tantos outros, o personagem "Da Tua Pureza".
    Obrigado, amor.
    Beijo!

    Amo-te

Postar um comentário

Beijinhos