Távola De Estrelas: Spectrus

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Spectrus

Postado: Daniele Dallavecchia On quarta-feira, fevereiro 26, 2014 0 Carinhos de Luxo


O perfume esvaiu-se
assim como
o resto de esperança
a sentença foi selada!
ou tudo ou nada
e dentro desse tudo
perigo e devastação
e perto do nada
nada mais a se fazer
nada para oferecer
nada que salve o ser

Em que se agarrar quando o nada
for tudo o que sobrou para VIVER?

Essa é a nossa geração!
Viva Édipo Rei
sabedoria e cegueira!
Viva a nós,
sem eira e nem beira!
Viva a inteligência teleguiada
da juventude mal formada
Viva, Viva ao rebanho
feliz do capitalismo -
a mais potente religião!
ViVA, VIVA, VIVA!!!
 - ou não -

Acabou-se o chão
de terra fértil e gentil
onde a semente de mostarda
era o verbo que queria florescer...



Daniele Dallavecchia, 22022014.12:42

0 Response for the "Spectrus"

Postar um comentário

Beijinhos