Távola De Estrelas: Meus Vitrais

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Meus Vitrais

Postado: Daniele Dallavecchia On terça-feira, março 11, 2014 0 Carinhos de Luxo



Se eu pudesse
te contaria
de forma única,
para embelezar teus dias,
todos os contos
que se vitralizam nos meus olhos
Mas não sou poeta
nem angélica
Sou apenas aquela
que sonha te seguir
no raiar da vida
e também no cair
Mas se eu pudesse
ah, meu amor
quantos vitrais nos meus olhos...



Daniele Dallavecchia, 11032014.00:04

Amor,

Se eu pudesse
beijaria o teu pensamento
abraçaria a tua voz
e depois cantaria
as tuas ideias
com o olhar em fusão
nos teus cabelos
que campos de trigo são
sim, se eu pudesse
tactearia
as tuas células
vitrais impossíveis de contemplar
mas que são cores e formas
possíveis de reais
d´união em permanente revolução
do amor num só ninar
enquanto por todas as vidas
a vida nos abençoar.

Teu, Jo

In Luso-Poemas, página de Daniele Dallavecchia, 11 03 2014,00:43

0 Response for the "Meus Vitrais"

Postar um comentário

Beijinhos