Távola De Estrelas: Rubros São Os Ventos

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Rubros São Os Ventos

Postado: Daniele Dallavecchia On sexta-feira, março 07, 2014 0 Carinhos de Luxo


Quando aquele poeta se quebrou
As lágrimas das árvores esvoaçaram
Estilhaçadas pela agonia
Do livro interminável
O tubarão comeu uma gaivota,
Agora mastiga céus com as asas,
Num universo de reféns inocentados
Justamente do lado de dentro dos temporais ...


 (c) Luiz Sommerville

Categories:

0 Response for the "Rubros São Os Ventos"

Postar um comentário

Beijinhos