Távola De Estrelas: O Mistério Do Mistério

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

O Mistério Do Mistério

Postado: Luiz Sommerville Junior On segunda-feira, setembro 15, 2014 0 Carinhos de Luxo

Da sabedoria que almejo
invulgar que não (me)encontra
do sal que provo, mas não me salga, a alma!
... ao mercúrio e seus encantos
em química que não domino
ao mais alto grau do bem saber,
provarei desse néctar transcendente ? 
sigo os ensinamentos do Mestre ,
a palavra em acção no sangue do irmão
seja ele o desconhecido que nunca vi, mas tem sêde ...
e ouço dizer da embriaguês lúcida de Paracelso,
e embriago-me nas suas doses,
que só de pensar curava,
porque amava(amou e ama) o próximo.
sonho, sonho com o dia do despertar, 
e desperto já em sonho transformado,
oro, leio, oro, releio,
(ah, se eu soubesse orar quando a leitura queima meu olhar!)
meus olhos teriam mais luz do que qualquer estrela
para a verdade da antiga (nova) consciência,
mas a lucidez para ser o maior bem do mundo
deve nascer antes de nós no renascer dos históricos taumaturgos
e não me importava em ser muda, de boca selada,
e surda para cantar d´outrora a imagem do corpo
gravado numa só carta e cartada em cores 
d´arte que abraça o mundo ....

(Se eu fosse imagem de Tarot
qual o feminino do destino que é fortuna, prémio!
para o meu nome ?
posso assinar ?

(escutas o som leve
para não te sobressaltar
dos meus dedos transpirando ansiosamente
humedecendo-emudecendo ...?)

assinando ... 

Autor:
- La Madrugada!




Luiz Sommerville Junior, 22/03/2014 - 140920140857

Resposta-comentário ao poema da minha Dani em 22/03/2014

reeditado ontem (apenas o final) no Luso Poemas

0 Response for the "O Mistério Do Mistério"

Postar um comentário

Beijinhos