Távola De Estrelas

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...
Postado: Daniele Dallavecchia On domingo, fevereiro 19, 2017 0 Carinhos de Luxo



Afogo minha dor
mais uma vez
bebendo lágrimas com um trago
do teu whisky preferido...
e adormeço nos teus braços,
ó meu destino!
tento compreender
aonde queres me levar
assim de mãos tão apertadas
com este andar
ora lento, ora apressado
o que há de errado
nesse teu compasso?
tuas cordas tão descompensadas
já reparaste que o teu ponteiro
sempre perde a razão?
Se és dono do tempo
do meu e de todos
por que esse medo?
porque esse tic-tac
tão descoordenado?
És menino e Imperador
és atemporal
mas já não chegas a tempo...
de mudar o meu final

Categories:

0 Response for the " "

Postar um comentário

Beijinhos