Távola De Estrelas: Atípico tempo

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Atípico tempo

Postado: Daniele Dallavecchia On segunda-feira, fevereiro 13, 2017 1 Carinhos de Luxo



Estou girando
em círculos incertos
ora para a direita
ora para a esquerda
sustentada pelo acaso
caindo de casa em casa
cambaleando sem norte
colhendo tempestades
bebendo d´água amarga
de deuses pagãos, romanos,
piedosos, insanos
santo, santo, santo
três vezes a minha devoção
santo, santo, santo
onde está tua compaixão?

Meus grilhões se fundem
tornam-se parte das minhas mãos
já não consigo distinguir
quem sou
da minha escravidão

O tic-tac sombrio
da minha vida se esvai
acompanhado pela solidão
vida estranha
nesse vem e vai
de ter fé sem previsão
de ter fé, sonhando em vão
de ter fé, com a cara no chão


Categories:

1 Response for the "Atípico tempo"

  1. Moonchild says:

    Todos nós giramos nesses círculos...e às vezes, parecem que nunca mais acabam!

    boa noite

    -___-

Postar um comentário

Beijinhos