Távola De Estrelas: Corpo Exclamado

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Corpo Exclamado

Postado: Luíz Sommerville Junior On sexta-feira, fevereiro 24, 2017 0 Carinhos de Luxo

A minha vida

era um livro

apenas um livro...

sem palavras

um caderno em branco

e quando dos meus olhos

o pranto se declamava

nos reflexos de safiras solitárias

um coração irrompeu

tingindo em vermelho inquieto

os espaços por preencher

das letras

nunca outrora avistadas





Como podem as folhas

do que antes não havia

serem o entre-veias

da capa e contra-capa

da obra

do ...

vem

que eu vou

ter contigo?



(Podem! E porque podem

apago a interrogação

e anuncio o título:

- exclamação adorada!)





Luiz Sommerville Junior, 190220121247

Categories:

0 Response for the "Corpo Exclamado"

Postar um comentário

Beijinhos