Távola De Estrelas: Do que é meu

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Do que é meu

Postado: Daniele Dallavecchia On domingo, fevereiro 19, 2017 0 Carinhos de Luxo


Resultado de imagem para Bright Star


Perdida
desde aquele instante
em que despertei
sozinha
contigo no meu peito
amor solitário e pleno
onde tenho-te a ti
e não sabes desse feito

sonho acordada
abrir teu coração,
povoar a tua mente
minha desejada morada
tanto quanto incoerente
porque o amor é um jogo
e eu não sei jogar

simples e directa
uma palavra me entrega
persigo-te sim
os passos todos
dou-te pistas de mim
-dentro da minha timidez-
Sou tão intensa, chama!
e tão discreta nesse drama
mas quero tudo de uma vez!

não quero jogar o jogo
não sei das regras, engodo!

Sei da minha perdição
e desse canteiro que te rodeia
crescendo no meu coração
mas nem sempre é
como a gente quer
(mas eu quero tudo!)
mesmo que nesse instante
tua porta esteja fechada para mim
que sejas meu beco sem saída
nada importa
nossa história acontecendo
L I V R E M E N T E
na minha mente

És toda a minha vontade
divinamente belo
platonicamente meu
ironicamente perto!
maravilhoso em tudo
como todo amor
que quer se realizar
-você e eu-
sentimento intenso
e só meu
já não lembro
quando aconteceu
você sempre comigo
amado, guardado
o meu melhor amigo!



Categories:

0 Response for the "Do que é meu"

Postar um comentário

Beijinhos