Távola De Estrelas: Janeiro 2011

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Particular...

Postado: Daniele Dallavecchia On segunda-feira, janeiro 31, 2011 1 Carinhos de Luxo


Sim, é verdade,
alguns dias são
infinitamente mais tristes
que outros...
É difícil enxergar o horizonte,
com lágrimas nos olhos.
A dor é uma Excalibur,
cravada no coração...
E talvez, só talvez,
toda canção,
me faça lembrar você...
Atormentando-me
outra vez...


Conversa interna...

Postado: Daniele Dallavecchia On segunda-feira, janeiro 31, 2011 1 Carinhos de Luxo


Pra que chorar,
pra que sofrer?
Às vezes, a gente perde,
pra depois ganhar...
A roda da vida
não pode parar...
Não desisto,
mas também não insisto
em querer derreter um coração de gelo,
morto
de medo para o amor...
Pior, que o melhor da desilusão,
é o não saber,
é a falta de conclusão...
Uma flor morreu,
mas outras hão de nascer...
Vou superar a mim mesma,
esquecer a alma que me completava,
buscar o espírito que me faz plena...
Complexo para entender?
Mas quem disse que eu sei?


Distante de mim...

Postado: Daniele Dallavecchia On segunda-feira, janeiro 31, 2011 0 Carinhos de Luxo





































Meu corpo flutua leve,
salto para além de mim,
viajo nos sonhos, distante
de tudo o que me machuca...
Meu mundo gira 
e num segundo,
Für Elise me transporta 
para o mais completo êxtase...
A paz dilata minhas veias,
meu sangue percorre mais rápido
pelo corpo e coração... 
acelerando meus passos,
embalando-me no compasso da canção
triste, do amor não vivido,
e é neste instante, no choro das notas,
e no meu cansaço,
que  tudo esqueço,
e finalmente me acho...


Despertando para o amor...

Postado: Daniele Dallavecchia On sábado, janeiro 01, 2011 1 Carinhos de Luxo


Meu amor, 
por mais que eu dê voltas 
em torno do tempo,
percebo que o tempo 
nunca esgota esse nosso sentir. 
Tudo passa, querido, 
toda a mágoa,
tristeza e dor... 
Só não passa o meu amor!
Todos os dias o sol sorri
adormecendo as estrelas,
despertando as borboletas,
cobrindo a terra de vida!
Quem ama de verdade,
ama com a alma, não repara
ou procura defeitos, 
não tem orgulho...
Vive sempre na máxima
que diz: ama mais quem perdoa mais.
Te amo com o coração do meu coração
e meu coração está em elo com Deus,
e Deus não impõe condição, Deus é salvação!
O tempo desata os nós, você não vê?
Mudei por você,
sou outra pessoa por você.
Já reparou como o mundo ficou mais deserto
sem nós dois?
Ainda há tempo sim, amor!