Távola De Estrelas: Ponto final nas tuas reticências.

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Ponto final nas tuas reticências.

Postado: Daniele Dallavecchia On sexta-feira, dezembro 31, 2010 2 Carinhos de Luxo


Amor da minha vida,
amanhã nascerá um novo dia,
é hora de mudar as atitudes,
renovar os sonhos e sentimentos.
Tenho estado entre parênteses no teu coração,
onde um muro talhado, por palavras
desarticuladas, fazem sombra no teu
bem querer... É hora de viver, meu bem!
Colocaste reticências no nosso amor
e nunca mais as tiraste de lá...
A dor que me pára no tempo, estaciona
e estanca toda alegria...
Isso não pode continuar.
Meu peito exige resposta:
- vírgula ou ponto final
na nossa história?
Quantos sinais mais queres
deste meu coração
que só sabe pulsar por ti?
Meu bem, não importa para onde vamos
desde que estejamos unidos
no laço do nosso amor.
Não importa se sou de um jeito
e você do outro, a gente dá certo.
Não importa as distâncias, 
ou a vida curta que teremos,
isto só a Deus pertence,
então, amor, vamos nos permitir!
Quando o novo tempo, 
do novo ano começar,
um ponto final, 
entre nós, a contragosto, nascerá.
Qual amor resiste a tanta rejeição?
É isto mesmo o que quer o teu coração?


2 Response for the "Ponto final nas tuas reticências."

  1. Olá,

    No dealbar deste ano novo, saibamos merecer tudo o que de bom ele tem para nos oferecer.Gostava, pois, poder manifestar em poesia, desejos que combinem com os seus.Deixo essa tarefa, às Eduardas desta blogoesfera, onde , certamente, também pertence.
    Façamos do 2011, um Ano Bom.

  2. Thiago says:

    DAniele,

    Linda poesia! O sentimento expressado de uma forma tão singela, suave... Muito bonito, parabéns!

    Beijo,

    Thiago

Postar um comentário

Beijinhos