Távola De Estrelas: Das sensações

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Das sensações

Postado: Daniele Dallavecchia On sábado, abril 12, 2014 0 Carinhos de Luxo


Segui, por amor,
cegamente ao fio de Ariadne
Fui devagar
e apressada ao mesmo tempo
Nem sempre
o tempo está de bom humor
Fui como flecha de arqueiro
lançando-me ao jogo do amor
sem medo, sem desespero
Simplesmente fui!
Não importava muito
acertar o alvo
mas tentar...
Tentar ser feliz
tentar te fazer feliz
tentar o diferente
tentar de repente
sem pensar se ía ou não dar certo
Fui Feliz
fostes feliz
Se o relógio não nos deu corda
não temos culpa
fizemos amor nas horas mais improváveis
fizemos coisas só nossas
nos minutos incertos
e fomos infinitamente felizes
por segundos quase fatais
Valeu a pena?
Quanto vale encontrar o verdadeiro amor?
não é o quanto  vivemos
mas como vivemos
não é a quantidade
mas a intensidade



Daniele Dallavecchia 12042014.01:00

0 Response for the "Das sensações"

Postar um comentário

Beijinhos