Távola De Estrelas: Brancura

Távola De Estrelas

Poesia Do Céu Da Boca

* Sempre DS*SD erpmeS *

Távola De Estrelas, Poesia Do Céu Da Boca, Para Mastigar Devagarinho, Deve Ser Servida À Noite E Acompanhada Dum Bom Vinho Tinto...

Brancura

Postado: Luíz Sommerville Junior On segunda-feira, março 10, 2014 0 Carinhos de Luxo

Amor
já escrevi tudo
o que podia
escrever(te)
-e ainda que sobrem
as canetas
papel e tinta-
o que falta
-as palavras por tecer-
é esta mão
que em falhas de imprecisão
me dói !
de verdade ...

e então

eu podia até chorar
sobre a queda duma tecla encravada
e avariar em soluços sem soluções
dos dedos cegos que buscam um céu
para se articularem em comunhão
com o braço
que o corpo agradece
seja do concerto a apoteose
num deserto d´aplausos
em silêncio 


(ou será o cérebro fugindo do tempo que o branqueia?)





Luíz Sommerville Junior, 090320142058

Categories: , , , , , , , ,

0 Response for the "Brancura"

Postar um comentário

Beijinhos